Associação do Nível de Atividade Física e de Indicadores Antropométricos com Pressão Arterial Elevada em Adultos Aparentemente Saudavéis

Por: Carmen Sílvia Grubert Campbell, Edilberto dos Santos Barros, Herbert Gustavo Simões, José Fernando de Oliveira, José Fernando Vila Nova de Moraes, Marcelo Magalhães Sales, Rafael Reis Olher, Ricardo Yukio Asano e Rodrigo Alberto Vieira Browne.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo


Avaliar a associação entre índices antropométricos e de nível de atividade física (NAF) com a pressão arterial (PA) elevada em adultos aparentemente saudáveis. Métodos: Foram avaliados a PA, índices antropométricos e NAF de 99 indivíduos. Resultados: A PA elevada associou-se (p<0,05) com as variáveis antropométricas, exceto pelo IMC. Sujeitos com CP, CC, RCEST e RCQ acima dos pontos de corte, conferiram risco (p<0,05) de 3,128 (1,269-7,707), 2,716 (1,031-7,1520), 2,582 (1,110-6,041) e 3,516 (1,270-9,736), respectivamente, para PA elevada. Na análise ajustada, somente a RCQ [3,192 (1,211-9,410)] e CP [2,893 (1,201-6,971)] mantiveram associação com a PA elevada. O NAF não se associou com a PA elevada. Conclusão: A PA elevada associou-se com os indicadores de adiposidade corporal, exceto pelo IMC, sendo a RCQ e a CP, os melhores indicadores. O NAF não apresentou associação com a PA elevada.
 

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5369

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.