Atividade Autonômica Como Mecanismo Potencial da Hipotensão Pós-exercício: Revisão Sistemática

Por: Denilson da Silveira Vasconcelos.

190 páginas. 2016 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A hipotensão pós-exercício (HPE) pode relacionar-se com redução em longo prazo da pressão arterial (PA) de repouso. Assim, pesquisas vêm sendo realizadas para investigar em que condições a HPE é favorecida, bem como potenciais mecanismos a ela subjacentes. A presente revisão sistemática objetivou determinar as relações entre HPE e comportamento do sistema nervoso autônomo após sessões agudas de exercício aeróbio e resistido, em indivíduos normotensos, pré-hipertensos e hipertensos. A revisão foi conduzida de acordo com padrões consistentes ao estabelecido pelas recomendações PRISMA e a busca de artigos foi realizada nas bases PubMed, Web of Science, Scopus (incluindo Embase), CINAHL, Cochrane Library e Sportdiscus, complementadas com busca manual quando necessário, com limite fixado em 31 de dezembro de 2014. Buscaram-se artigos publicados em inglês, utilizando-se palavras-chave e termos assemelhados à atividade autonômica e HPE. Foram incluídos 84 artigos, perfazendo um total de 189 experimentos. Os resultados indicaram ser a HPE mais frequente em indivíduos pré-hipertensos/hipertensos (84,2% dos experimentos), havendo nesses casos concomitância com redução da atividade simpática e aumento da atividade parassimpática (68,7% e 43,7% dos experimentos, respectivamente). Nesse grupo, quando a PA manteve-se estável, sem redução, também não houve alteração da atividade autonômica. Em relação aos normotensos, a HPE ocorreu após 50,9% dos experimentos com exercício aeróbio e 46,4% daqueles com exercício resistido, quando houve aumento simultâneo da atividade simpática (56,1% e 65,4%) e redução parassimpática (43,8% e 65,4% após exercício aeróbio e resistido, respectivamente). Na ausência da HPE, esse grupo também exibiu aumento da atividade simpática e redução da atividade parassimpática, independentemente do tipo de exercício. Em conclusão, a atividade autonômica parece ser um dos mecanismos subjacentes à HPE, ao menos em indivíduos pré-hipertensos e hipertensos. Em indivíduos normotensos, as respostas autonômicas parecem ser mais consequência do que causa da alteração de PA. 

Endereço: http://v3.universo.edu.br/mestrados/caf/dissertacoes.asp

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.