Atividade Física Durante o Trabalho Policial: Diagnóstico Preliminar Para a Projeção de Um Módulo de Educação Física

Por: Helbert Humberto Morera López e Javier Oswaldo González.

Impetus - v.8 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi identificar os contextos de desenvolvimento do exercício físico durante as atividades de trabalho da polícia colombiana como base para a projeção de um módulo de Educação Física.
Foi realizada uma investigação de caráter exploratório e descritivo, através de inquéritos que foram aplicadas a uma população de estudo (n = 195) pertencentes a diferentes especialidades do departamento de polícia de Meta e três escolas de formação da Polícia Nacional (Eduardo Cuevas, Alejandro Gutiérrez e Investigação Criminal). Os resultados mostraram uma população activa jovem localizadas principalmente em especialidades como EMCAR (Mobile Pelotão de Carabineros) e ESMAD (anti-motim da polícia), e uma população maior em especialidades como Vigilância, Sijin (Filial de Investigação Criminal) e SIPOL (Serviço de Inteligência Polícia), principalmente. Em geral, a ausência de atividades físicas foi determinada dentro e fora do dia de trabalho da polícia, explicado principalmente pela falta de programas de Educação Física nas unidades e treinamento para direcionar exercícios físicos de curta duração dentro do dia de trabalho. Exercícios físicos para as costas e patas traseiras foram considerados para orientação de programas de exercícios físicos de curta duração.

Endereço: http://revistaimpetus.unillanos.edu.co/impetus/index.php/Imp1/article/view/29

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.