Atividade Física e Experiências de ócio em Idosos em Betim/mg

Por: Ariane Evelyn Paulista dos Santos, Marcos Maciel Gonçalves, Ramon Junio Rodrigues de Abreu e Simone Teresinha Meurer.

XI Congresso Brasileiro de Atividade Física e Saúde - CBAFS

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO:Analisar  se  as  vivências  da  atividade  física  realizada  por  idosos  na  cidade  de  Betim/MG  podemser compreendidas como experiência de ócio.MÉTODO:Esta pesquisa é caracterizada como qualitativa-des-critiva, transversal, do tipo estudo de caso. A escolha do local e dos participantes foi por conveniência. Paraa coleta dos dados adotou-se a entrevista em profundidade, sendo a interpretação dos resultados feita pelaanálise do conteúdo. O número da amostra foi definido pela técnica de saturação de dados.RESULTADOS:Participaram  do  estudo  seis  idosos  (Média  etária  de  66,2±1,83  anos),  sendo  três  mulheres.  Os  principaisResultados apontam que todos os entrevistados apresentaram percepção de bem-estar, disposição e “distra-ção/relaxamento”; cinco relataram que “nada” os fariam parar de realizar a atividade física; cinco praticama  caminhada  há  mais  de  um  ano.  Essas  características  são  semelhantes  às  propostas  pelas  experiências  deócio, tais como: autotelismo (um fim em si mesmo), satisfação, percepção de afetos positivos, livre escolha,“ruptura com o mundo”.CONCLUSÃO:Na amostra investigada a vivência da atividade física é realizada paraalém dos aspectos utilitaristas (como meio para se alcançar determinado Objetivo),

Endereço: http://cev.org.br/eventos/xi-cbafs-congresso-brasileiro-de-educacao-fisica-e-saude/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.