Atividade Física e Hábitos Nutricionais em Estudantes de Educação Física: Um Estudo Transversal em Brasília

Por: Andrea Ramirez Varela, Bruno Alves Lira, Daniel Junior de Oliveira Gomes, Leonardo Chagas Contiero, Luciana Zaranza Monteiro, Maria de Lourdes Alves Carneiro e Priscila de Souza.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.21 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Estudos realizados no Brasil demonstraram que o perfil de estilo de vida de universitários apresenta deficiências preocupantes em relação à atividade física e hábitos alimentares. O objetivo foi avaliar o hábito alimentar e o perfil de atividade física de estudantes de educação física e investigar a associação entre estado nutricional, atividade física e hábitos alimentares. Desenho transversal com 903 alunos de Educação Física. Todas as questões foram extraídas da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas (Vigitel). As mulheres foram mais sedentárias (p <0,01) e apresentaram maior prevalência de obesidade. Aqueles que não praticavam atividade física apresentaram alta prevalência de doença crônica. Os homens tinham uma dieta e perfil de atividade física mais adequados.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2019v21e60066

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.