Atividade Física e Incapacidade: Um Estudo Qualitativo com Mulheres em Um Ginásio Adaptado

Por: Elena López-cañada, Javier Monforte e Víctor Pérez Samaniego.

Movimento - v.23 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Este estudo explora como um grupo de mulheres com incapacidade (n = 6) experimenta e percebe a prática da atividade física em um ginásio adaptado. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas como instrumento de coleta de dados qualitativos e uma análise temática indutiva. Os resultados foram agrupados em torno de quatro emergentes categorias temáticas: aptidão e autonomia pessoal; papel paliativo de exercício; bem-estar psicológico; relação social e apoio. Ele destaca a experiência bem sucedida dos participantes, que é dominada por uma avaliação positiva dos processos de autorregulação, concepção social-relacional da atividade física e a relevância do ginásio adaptado como facilitador ambiental e social.

Endereço: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/68973

Ver Arquivo (PDF)

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.