Atividade Física na Prevenção e na Reabilitação do Câncer

Por: Eliane Stevanato, Michel Barbosa de Araújo e Wellington Pedroso.

Motriz - v.11 - n.3 - 2005

Send to Kindle


Resumo

O câncer é, na atualidade, a segunda maior causa de morte em nosso país, Estados Unidos e Europa. Embora a herança genética seja um fator de grande relevância, sedentarismo e estilo de vida irregular têm contribuído para a incidência crescente dessa doença. No presente estudo é revisada a literatura referente às recomendações de exercício na prevenção, no tratamento e na reabilitação de pacientes com câncer, incluindo aspectos nutricionais e relativos ao controle de peso. São fortes as evidências da contribuição da atividade física nas diferentes fases da doença e de seu tratamento. No período de diagnóstico e pré-tratamento, o indivíduo tem na condição física o suporte para enfrentar a terapia. Na reabilitação, favorece a preservação das capacidades físicas e a retomada das atividades cotidianas. É durante o tratamento que a atividade parece ter maior importância, atenuando a fadiga crônica e a caquexia, aumentando a eficiência metabólica e energética do corpo, reduzindo assim a ação dos carcinógenos. Palavras-chave: Atividade Física. Prevenção. Câncer

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/11n3/08WPP.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.