Atividade Física e Qualidade de Vida Associada à Saúde em Idosos Participantes e Não Participantes em Programas Regulares de Atividade Física

Por: Jorge Mota e José Luis Ribeiro.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.20 - n.3 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivos: 1) comparar o nível de qualidade de vida entre participantes de programas formais de AF e não participantes e, 2) determinar os fatores que podem predizer essa participação. A amostra compreendeu 88 sujeitos divididos por dois grupos: o grupo experimental (GE, n = 46; homens = 34,8%) que estava envolvido num programa de atividade física (AF) investigando o impacto do exercícioregular na aptidão física e na capacidade funcional e saúde em indivíduos de ambos os sexos com mais de 65 anos de idade; e o grupo de controle (GC, n = 42; homens = 47,6%) que não estava envolvido em nenhum programa regular de AF. A HRQL foi avaliada pela versão curta do instrumento SF 36 (MOS SF-36-Medical Outcomes Study, Short Form - 36, Health Survey), utilizando a versão portuguesa. Os indivíduos do GC apresentaram uma pontuação significativamente inferior em todos os domínios do SF-36 considerados, comparativamente aos sujeitos do GE. O primeiro modelo da regressão logística mostra que somente o sexo (OR =15,2; 2,9-80,2, 95% CI; p < 0,001) e a função física (FF) (OR = 1,07; 1,01-1,13, 95% CI; p < 0,02) mostravam uma associação significativa com o fato de se pertencer ao grupo ativo (GE) ou não. No entanto, no segundo modelo que inclui a análise fatorial do SF-36, mostrou que o desempenho no SF-36 foi significativamente associado com o fato de se pertencer ou não ao grupo ativo (GE) (OR = 25,6; 5,4-120,9, 95% CI). Os resultados permitem concluir que a participação em programa de AF melhora a qualidade de vida relacionado com a saúde. UNITERMOS: Mulheres; Exercício; Gerontologia; Atividade física; Qualidade de vida.

Endereço: http://www.usp.br/eef/rbefe/v20n32005/7_Mota.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.