Atividade Física e Redução de Custos Por Doenças Crônicas Ao Sistema único de Saúde

Por: Alan Goularte Knuth, e Renata Moraes Bielemann.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.15 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a redução de custos ue poderia ser promovida pela atividade física para internações hospitalares por doenças do parelho circulatório (DAC) e diabetes, e nos custos com medicamentos para o tratamento do iabetes e da hipertensão arterial realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na cidade de Pelotas o ano de 2007. A avaliação do custo das hospitalizações foi realizada por meio do DATASUS, buscando-se os gastos das internações. O levantamento do custo dos medicamentos foi feito ativamente em órgãos competentes da cidade a partir da lista de medicamentos essenciais isponibilizados aos cadastrados no Programa HiperDia que foram distribuídos no ano de 007. O impacto econômico da atividade física foi avaliado através de riscos elativos da literatura. O custo das internações hospitalares por DAC foi de aproximadamente R$ 4 milhões, endo maior em homens. Para o diabetes, a maioria dos R$ 100 mil gastos foi a partir as internações realizadas por mulheres. O tratamento medicamentoso da hipertensão e do diabetes ustou ao SUS em 2007, respectivamente, em torno de R$ 100 mil e R$ 300 mil. O potencial conômico da atividade física ao SUS oscilou entre 12% para a utilização de medicamentos e 50% ara hospitalizações por DAC e foi estimado em R$ 2,2 milhões. A inatividade física além e comprometer a qualidade de vida da população, culmina em impacto econômico ao sistema blico. Iniciativas de promoção da atividade física são necessárias para melhoria do estado de saúde da população e conseqüente redução de gastos.

Endereço: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/RBAFS/article/view/674

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.