Atividade Física e Saúde: o Personal Trainer Como Mediador Desse Processo

Por: R. R. Dinardi.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivos:
O objetivo do estudo foi observar qual o período em que as pessoas diminuem ou deixam de praticar atividade física.

Materiais, metodos e resultados:
A pesquisa foi realizada em uma academia da região centro-sul de Belo Horizonte – MG. Trata-se de um estudo retrospectivo e observacional. Foi selecionado um personal trainer onde os dados foram coletados através de um aparelho “colleter” e armazenados em um software específico, no período de janeiro de 2010 a julho 2011. Observou-se uma média de 97 treinos ministrados por mês. Quando observado o número de treinos mensal, janeiro e fevereiro se destacaram como os piores (queda de 42,3% e 13,5% respectivamente) e março e maio como os melhores (aumento de 14,4% e 20,6% respectivamente).

Conclusão:
Nos meses de janeiro e fevereiro os praticantes de atividade física orientados por um personal trainer diminuíram a freqüência de treinos, devido a diversos fatores. Estudos como este servem para que o profissional de educação física se oriente e planeje estratégias a serem aplicadas nos meses onde há queda no total de horas trabalhadas. Estudos futuros são necessários para descobrir quais fatores estão envolvidos nessa evasão dos praticantes de atividades físicas.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.