Atividade Físicas Promotoras da Saúde de Adultos com Retardamento Mental

Por: Georgia C. Frey, Heidi I. Stanish e Viviene A. Temple.

Developmental disabilities research reviews - v.12 - 2006

Send to Kindle


Sobre a Obra

Este resumo de literatura descreve o comportamento de atividade física de adultos com retardamento mental, consistente com a recomendação da U.S. Surgeon General’s (Departamento de Medicina Americano) de 30 minutos de atividade física de intensidade moderada por 5 ou mais dias por semana. A proporção de participantes atingindo este critério variou de 17.5 a 33%. Estes dados são provavelvente estimativas generosas de atividade, pois indivíduos incluídos em estudos sobre atividade física até hoje tem sido de pessoas voluntárias relativamente jovens e saudáveis com leves ou moderadas limitações. A grande fonte de atividade física vem de caminhada e ciclismo para o transporte, atividade de rotina e trabalho, dança, e olimpíadas especiais. Existe uma necessidade atual de conduzir estudos usando amostras representativas apropriadas e validar medidas que acessem atividade menos diretamente; incluindo metodologias em que respondentes por procuração são usados. Informações acuradas sobre padrões existentes de comportamento irão aumentar o desenvolvimento de estratégias eficázes para promover atividade física entre pessoas com retardamento mental (Tradução de Pedro Zogaib)

Endereço: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/mrdd.20090/pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.