Atividade Motora e a Pessoa Acometida Por Traumatismo Medular

Por: Rute Estanislava Tolocka.

1994 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisa as atividades motoras que são utilizadas com as pessoas acometidas por traumatismo medular (PATM) discutindo seu significado para os diferentes aspectos do comportamento humano. Foi realizada uma revisão bibliográfica, de acordo com a técnica sugerida por SEVERINO (1990), bem como uma pesquisa de campo em duas instituições especializadas: o Hospital para Medicina do Aparelho Locomotor ? Sarah Kubitschek, e o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. Nos hospitais a pesquisa foi feita através de entrevistas com 45 PATM e com as equipes que trabalham com elas (28 profissionais). Estas entrevistas foram preparadas de acordo com as técnicas sugeridas por LUDKE, ANDRE (1986) E PIOVESAN (1979). Foi comparando o discurso que é feito sobre estas atividades e os resultados de estudos científicos, e verificando quais as atividades motoras que são vivenciadas por estas pessoas. Os discursos atribuem a esta prática melhoras em aspectos fisiológicos e psicológicos e enfatizam a possibilidade de reintegração social. Os estudos mostram que a atividade motora pode desenvolver o sistema cardiovascular. Há poucas pesquisas sobre outros aspectos desta prática, e não foi achado nenhum estudo sobre reintegração social através da mesma. Não há grande variabilidade nas tarefa motoras vivenciadas por esta clientela... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000082263&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.