Atividades Circenses: Caracterização das Modalidades, Capacidades Biomotoras, Metabolismo Energético e Implicações Práticas

Por: Raquel de Brito Sacco e .

Conexões - v.8 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

As atividades encontradas no âmbito circense causam encantamento aos espectadores e aos praticantes devido à sua complexidade. Ao considerar o objetivo do circo de encantar o público e suas características contemporâneas, analisou-se as principais semelhanças motoras entre as modalidades circenses que se agrupam de acordo com as características: acrobacias, aéreos, malabarismo e equilibrismo. No sentido de desvendar tal magia, diante do presente estudo analítico de revisão pesquisou-se os fatores:

i) metabólicos,
ii) fisiológicos bem como a
iii) dinâmica de atuação da musculatura esquelética e a
iv) capacidade biomotora predominante nestas práticas. A partir desta análise, sugere-se meios para compor os treinamentos de um artista circense que pratica tais modalidades, bem como considerar a força como a capacidade biomotora determinante e quando predominante para a realização das modalidades circenses analisadas e o metabolismo anaeróbio como a via principal para gerar energia. A resistência de força encontrou-se presente e necessária nas modalidades devido a repetições constantes dos movimentos nos treinamentos bem como em cada apresentação circense e em um conjunto destas apresentações, ou seja, em um espetáculo em si. Por fim, sugere-se futuros estudos enfocando os princípios de treinamento bem como o aspecto nutricional e outras vertentes biológicas aplicados em artistas circenses no intuito da melhora da performance neste setor.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/442

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.