Atividades Curriculares Desportivas: Relações Entre o Currículo Oficial do Estado de São Paulo Para a Educação Física e as Turmas de Basquete

Por: Lucas Braga do Couto Rosa.

2016 29/02/2016

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa buscou problematizar as relações entre as práticas pedagógicas de professores(as) que ministravam aulas de basquetebol em turmas de Atividades Curriculares Desportivas (ACD) em escolas da rede estadual de ensino de Franca (SP), seus discursos sobre tais práticas, os textos legais que estruturam aqueles espaços de ensino aprendizagem e as diretrizes e orientações expressas no Currículo Oficial do Estado de São Paulo (COESP). Foram analisadas as Resoluções publicadas desde 2002, quando da instauração das ACD até as normativas em vigência denotando-se o abrandamento dos mecanismos fiscalizadores que condicionam a abertura e a permanência das turmas em uma escola, a ampliação do leque de modalidades possíveis em Atividades Curriculares Desportivas e a diminuição do número máximo de ACD por estabelecimento escolar. Também foram objeto de análise os Planos Anuais de trabalho de cada um(a) dos(as) oito professores(as) responsáveis pela totalidade (oito) das turmas de treinamento de basquetebol instituídas na cidade, no início de 2015, que se mostraram sintéticos e semelhantes entre si. Por fim, emergiram múltiplos sentidos das informações obtidas a partir da observação de oito aulas de cada professor(a) das turmas de ACD em questão (64 aulas no total) e da análise do conteúdo dos discursos destes(as) docentes, recolhidos através de questionários e entrevistas e submetidos à Técnica de Elaboração e Análise de Unidade de Significado. Nas aulas da maior parte dos sujeitos analisados não se verificou a efetiva realização do que os planejamentos e os relatos recolhidos nas entrevistas aventavam, a estruturação das atividades oscilava entre exercícios analíticos e o jogo formal e era diminuta a variabilidade dos conteúdos e procedimentos propostos. Em contrapartida, as aulas dos(as) três professores(as) que se aproximavam do COESP e apresentavam maior coerência entre o que fora planejado, dito e executado também eram aquelas em que se verificava variabilidade de atividades, intervenções docentes mais recorrentes e sequências didáticas que tratavam dialeticamente aspectos técnicos e táticos e partiam de ações mais simples para as mais complexas. Ainda que houvesse aproximações entre o que preconiza o COESP e os discursos e práticas dos(as) oito professores(as), ora em relação aos objetivos traçados ou no que se refere às atividades pretendidas e realizadas em aula, evidenciou-se que a maior parte dos sujeitos desta pesquisa não percebiam as turma de treinamento como espaços de incidência do Currículo Oficial.

Endereço: http://bdtd.uftm.edu.br/handle/tede/349

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.