Atividades de Lazer no Contexto Hospitalar: Uma Estratégia de Humanização

Por: Iara Mendes Florentino e Maria José Gugelmin de Camargo.

Revista Brasileira de Estudos do Lazer - v.2 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Este estudo é uma pesquisa exploratória, realizada no Hospital de Clínicas - UFPR, Paraná. Participaram do estudo 13 mulheres internadas há mais de uma semana na UMRN (Unidade da Mulher e do Recém – nascido). A pesquisa teve como objetivo desenvolver atividades de lazer no ambiente hospitalar e analisar como e quanto essa experiência foi significativa do ponto de vista  pessoal e afetivo. Observou-se que as mulheres participantes da pesquisa apresentam interesses em atividades de lazer, porém, em seu ambiente natural não conseguem fazer a separação do tempo livre para realizá-las devido aos seus compromissos com gerenciamento do lar, trabalho e cuidado com os filhos. Porém, quando a atividade foi proposta no ambiente hospitalar as mesmas demonstram interesse, engajamento e volição, trazendo à tona a motivação intrínseca de acordo com suas características, retomando a autonomia e proporcionando sensação de suavização do “estar hospitalizada” e sensação de continuidade de vida. Os benefícios trazidos pela proposta vieram de encontro às pautas da Política de Humanização Hospitalar.

Endereço: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbel/article/view/492

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.