Atividades Lúdicas e Esportivas Desenvolvidas em Instituições de Educação Não Formal: Reflexões dos Adolescentes Institucionalizados

Por: Ercília Maria A. Teixeira de Paula e Paula M. Natali.

Licere - v.15 - n.1 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho apresenta reflexões de adolescentes institucionalizados em  relação às atividades lúdicas e esportivas desenvolvidas em projetos de Educação Não  Formal de duas instituições da cidade de Maringá-PR. Na constituição do referencial  teórico desta pesquisa foi utilizada a multirreferencialidade de Macedo (2000). Na  pesquisa de campo foi adotada a técnica de grupo focal com os adolescentes das  instituições. Nas transcrições e análises das falas dos adolescentes, eles atribuíam funções e conteúdos sobre a forma como as atividades lúdicas e esportivas eram  realizadas nestes locais. Nestas falas foi possível observar que, nas duas instituições, existia uma forte preocupação com o preparo dos adolescentes para o mercado de  trabalho e que as atividades lúdicas e esportivas não eram prioritárias. Elas eram  consideradas como ocupação do tempo livre e controle disciplinar. Entendemos que  estas atividades são manifestações culturais que precisam ser compreendidas em suas possibilidades e contradições. Para tanto, consideramos a reflexão sobre as atividades  lúdicas e esportivas nas instituições de Educação Não Formal como um desafio a ser  problematizado e discutido de forma mais aprofundada nas universidades e instituições  do Terceiro Setor. 

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV15N01_a4.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.