Atividades Lúdicas no Meio Aquático: Possibilidades Para a Inclusão

Por: Alaynne Silva Fontes, José Francisco Chicon e Maria das Graças Carvalho Silva Sá.

Movimento - v.19 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa objetiva compreender e analisar a ação mediadora do professor no desenvolvimento de atividades lúdicas no meio aquático e a interação de uma criança autista com os colegas não deficientes nas aulas. A metodologia baseia-se em um estudo qualitativo do tipo estudo de caso. Os sujeitos foram 14 crianças da Educação Infantil da UFES com desenvolvimento típico e uma com autismo, oriunda da comunidade de Vitória-ES. Conclui que as atividades lúdicas no meio aquático foram benéficas para a criança autista, tanto no sentido da ampliação de seus movimentos e vivências de brincar, como também em suas relações com os professores e colegas.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/29595

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.