Atividades Para Idosos: Um Estudo de Representações Sociais

Por: Sônia Mara Gusmão Costa.

76 páginas. 2013 01/04/2013

Send to Kindle


Resumo

Introdução: o conceito de atividade engloba o sentido de ocupação de uma pessoa, de dedicar-se a atividades diversificadas, como também a capacidade de agir. A conjugação do aumento da esperança de vida; queda da natalidade e os avanços tecnológicos na área das ciências da saúde tem induzido uma alteração demográfica constante, essa dinâmica se traduz em maior procura dos idosos por serviços de saúde, trazendo desafios de demandas sociais e econômicas, como também uma série de questionamentos para os gestores e pesquisadores do campo da saúde. Sendo assim, conhecer as representações sociais das atividades oferecidas aos idosos enquanto formas de conhecimentos/informações construídas e/ou atualizadas na vida social das pessoas, possibilita que tais fenômenos evidenciem aspectos subjetivos envolvidos no cotidiano da organização de um saber próprio de uma realidade social. Objetivo do Estudo: identificar representações sociais sobre atividades construídas por idosos. Metodologia: trata-se de um estudo exploratório de abordagem quanti-qualitativa, desenvolvido com idosos (N= 240). Para coleta de dados utilizou-se uma entrevista semiestruturada e o Teste da Associação Livre de Palavras com o termo indutor: atividades oferecidas aos idosos. Os dados obtidos das entrevistas e do referido teste foram organizados em bancos de dados e processados pelos softwares Alceste 4.8 e SPSS 20. Resultados: houve uma predominância de idosos do sexo feminino, com 70 a 74 anos, viúvas e idosos casados; mulheres com escolaridade média e homens com escolaridade baixa e renda equivalente a um salário mínimo; com relação às atividades desenvolvidas 17,9% não realizavam nenhuma atividade. Os dados obtidos da analise do Alceste, com um aproveitamento de 91.25 % do material analisado apontou sete classes: dimensões sociais; físicas; psicológicas; psicossociais; tipos de atividades; opiniões sobre atividades e benefícios da atividade. Considerações finais: ao identificar representações sociais sobre atividades oferecidas a idosos, acredita-se que este estudo poderá agregar valor à produção do conhecimento na Enfermagem e área da saúde por se conhecer o que pensam os idosos sobre as atividades e pela possibilidade de introduzir abordagens no atendimento do ponto de vista singular e integral à pessoa idosa.

Endereço: http://bdtd.biblioteca.ufpb.br/handle/tede/5122

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.