Atividades da Vida Diária (avds) em Forma de Circuito Diminui a Pressão Arterial de Repouso em Idosas.

Por: Higor Lira Bastos, João Bartholomeu Neto, Rafael Reis Olher, Ricardo Lira de Rezende Neves, Ricardo Yukio Asano e Valmir Fernandes de Lira.

Brazilian Journal of Biomotricity - v.7 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo demonstrar o efeito crônico de exercícios funcionais em forma de circuito na pressão arterial (PA) de idosos. A amostra foi constituída por oito idosas com média de idade de 67±5,93 anos. As voluntárias realizaram exercícios de marcha que simulavam as atividades de vida diária em forma de um circuito durante 15 semanas, três sessões por semana com duração de 1 hora. Antes e após o protocolo experimental foram analisadas a pressão arterial sistólica, diastólica, e composição corporal. Para a análise estatística, utilizou-se o teste de normalidade SHAPIRO – WILK (K Amostra) e Teste T para comparação da amostra independente e pareado com grau de significância p<0,05. Não foram encontrados diferença significativa nos parâmetros de índice de massa corporal (IMC) e relação cintura quadril (RCQ). Já a Pressão Arterial Sistólica e diastólica mostraram uma queda significativa (145±20 para 127,5±11,65 mmHg, 82,5±5,34 para 73,75±7,44 mmHg). Os dados sugerem que exercícios funcionais semelhantes às AVDs realizados em forma de circuito foi efetivo para a diminuição dos níveis de PA em repouso e mantêm os níveis de IMC e RCQ.
 

Endereço: http://www.brjb.com.br/index.php?id_pag=1009&chave=26

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.