Atleta Limpo e Agenda Olímpica 2020

Por: Paulo Rodrigo e Pedroso da Silva.

O Futuro dos Megaeventos Esportivos. Inovações Pós Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016.

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem por objetivo situar por abordagens sociológicas e históricas a proposta da Agenda Olímpica 2020 com respeito ao atleta ‘limpo’ (clean athlete) nas circunstâncias de antidopagem. Com este propósito esperase referenciar a realização de futuras pesquisas no tema do atleta ‘limpo’ partindo de definições mais precisas, todavia não disponibilizadas na citada Agenda, emitida pelo Comitê Olímpico Internacional – COI em fins de 2014. Note-se ainda que a validade da Agenda Olímpica 2020 apoia-se no objetivo de renovar os Jogos Olímpicos e entidades parceiras (stakeholders) nos próximos cinco anos, tendo antes havido uma mobilização pelo COI de sugestões para o futuro junto a patrocinadores, dirigentes de esportes, atletas, mídia, governos e sociedade civil, alcançando um total de 1.200 itens, o que resultou ao final em 40 recomendações-síntese (COI, 2014).

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.