Atletas Geneticamente Modificados

Por: Dirceu Ribeiro Gama.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.31 - n.1 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Uma das grandes contribuições dadas por Hegel ao estudo sistemático da história está na afirmação de que o movimento da razão deve interagir com as grandes problemáticas de seu tempo. Caso a filosofia deixe de atentar para essa tarefa, o raio de ação das suas investigações tende a permanecer apenas escolástico, afastando-a da função primeva que lhe foi dada desde sua criação na Grécia antiga, a de esclarecer o homem. É consoante essa perspectiva que o livro Atletas geneticamente modificados, escrito pelo filósofo do esporte Andy Miah, deve ser entendido: trata-se, acima de tudo, de uma proposta de reflexão teórica sobre a ética no esporte de alto rendimento atual diante de uma problemática nova e ainda muito pouco debatida nas ciências do esporte, a saber, as revolucionárias descobertas feitas nos últimos 15 anos sobre a natureza, o funcionamento e as potencialidades do genoma humano.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/645

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.