Atletas Paraolimpicas: Figurações e Sociedade Contemporanea

Por: Ruth Eugenia Amarante Cidade.

2004 16/02/2004

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho tem como foco, o estudo das configurações de atletas selecionadas para a Paraolimpíada de Sydney, Austrália, 2000. A investigação de cunho sociocultural está centrada na seguinte questão: como as atletas com deficiência estabelecem relações e interdependências entre os diferentes papéis sociais que exercem. Em termos de objetivos do estudo, buscamos identificar como se constituem as interdependências e as relações estabelecidas na dinâmica configuracional de atletas paraolímpicas. Para tanto, esta pesquisa está baseada nas entrevistas das atletas, na análise do discmso e na história recente da mulher deficiente no esporte de alto nível. O método 1l1ili7,ado neste trabalho foi fundamentadona Teoria Sociológicade Norbert Elias.A pretensão central foi articular essa teoria com a fala das atletas paraolimpicas. Buscamos equilibrar os focos de análise característicos da macrossociologia - no campo das ações coletivas, das relações intergrupais,dos padrões abrangentes de organizaçãoe da estrutura social, do grupo e da sociedade (redes manifestas dos grupos construídos sobre a base de identidades e valores coletivos) - e da microssociologia- em sua riqueza de personalidades únicas, exemplares, indivíduos tomados em sua inteireza, imersos em paixões, interesses, percepções, preconceitos, valores, etc. Na análise do material pesquisado, encontIamos subsídios teóricos e empiricos que cOlToborarama leitura do processo de (re)significação do papel da atleta paraolímpica,em conformidadecom as disposições e perspectivasda sociedade contemporânea 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000340980&opt=1

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.