Atletas-referência da Natação Feminina

Por: .

Atlas do Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

O presente capítulo, construído a partir de entrevistas e fontes históricas, visa apresentar a trajetória esportiva de quatro mulheres, atletas olímpicas, que participaram da seleção brasileira de natação em diferentes estágios de desenvolvimento ao longo do século XX. Considerando-as testemunhas de um processo histórico, apresentá-las torna-se relevante para caracterizar vida e feitos da atleta e do atleta brasileiro em geral, ora em delineamento nesta seção do Atlas. Uma quinta nadadora a pertencer a este grupo seria Maria Lenk, mas esta atleta está incluída entre os modelos de excelência do esporte brasileiro, conforme apresentados em outro capítulo. As atletas-modelo, a seguir biografadas de forma resumida, representam os seguintes estágios: Piedade Coutinho Tavares - Jogos Olímpicos entre 1936 e 1952; Maria Elisa Guimarães Zanini e Patrícia Amorim Sihman – décadas de 1970 – 1980; Fabíola Pulga Molina – década de 1990 e Jogos Olímpicos de Sydney, 2000.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.