Atletas Talentosos e o Papel Desempenhado Por Suas Famílias

Por: Denise de Souza Fleith e Paulo Vinícius Carvalho Silva.

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.3 - n.1 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo investigar a percepção de atletas de alto desempenho em relação à freqüência com que seus pais implementavam práticas parentais associadas ao desenvolvimento do talento esportivo. Participaram do estudo 225 atletas adultos, distribuídos entre vinte modalidades esportivas. As informações, obtidas por meio do Inventário Fatorial de Práticas Parentais Relacionados ao Desenvolvimento do Talento no Esporte (IFATE) e de um questionário com informações sócio-demográficas e dados relativos à prática esportiva dos atletas, permitiram comparar respostas atribuídas aos cinco fatores do IFATE em virtude do gênero dos atletas, tipo de esporte praticado por eles, classe social de suas famílias de origem, tempo de participação em competições, tempo de participação em competições nacionais e nível das competições nas quais os atletas participaram. Os resultados indicaram diferenças significativas decorrentes do tipo de esporte praticado pelos atletas e do nível das competições nas quais eles participaram. Não foram encontradas diferenças significativas quanto ao gênero, tempo de participação em competições e classe social das famílias de origem dos atletas.

Endereço: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S1981-91452010000100004&lng=pt&nrm=is&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.