Aulas Co-educativas: o Que Mudou no Ensino da Educação Física?

Por: Claudete Cembranel.

Motrivivência - v.11 - n.14 - 2000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi investigar como vem sendo trabalhada a questão do gênero nas aulas de Educação Física, em turmas de quintas séries, da rede Pública Municipal de Florianópolis. Através deste estudo pode-se perceber, pela fala das entrevistadas[1], a importância dada às aulas co-educativas, as dificuldades que sentem em ministrá-las, a aceitação dos alunos perante estas aulas e a relação afetiva menino/menina nas aulas co-educativas. Mas, apesar disso, pode-se perceber pela fala das entrevistadas que as mesmas estão longe de chegar a ministrar aulas co-educativas, o que eles ministram são aulas mistas. As aulas co-educativas, vão mais além do que a simples junção de meninos e meninas na mesma atividade. Estas objetivam que os alunos possam trabalhar com as mesmas possibilidades e oportunidades, vivenciando suas diferenças e semelhanças.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/5171

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.