Aulas Ministradas Por Professores Unidocentes e Por Professores de Educação Física Sobre os Níveis de Coordenação Motora de Meninas de 07 e 08 Anos de Idade

Por: Ernanda de Oliveira Garcia.

75 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo investigar aulas de Educação Física ministradas por professores unidocentes e por professores de Educação Física sobre os níveis de coordenação motora de escolares. A amostra foi constituída por 40 meninas das séries iniciais, sendo 20 da rede municipal e 20 da rede estadual da cidade de Pelotas, na faixa etária de 07 e 08 anos de idade. Os níveis de coordenação foram avaliados através da bateria KTK (Körperkoordinationstest für Kinder) que é composto por quatro tarefas: (1) equilíbrio em marcha à retaguarda (ER); (2) saltos laterais (SL); (3) saltos monopedais (SM); e (4) transposição lateral (TL). A partir do resultado de cada tarefa, e através da utilização das tabelas de valores normativos fornecidas pelo manual do KTK, obteve-se quocientes motores (QM) que foram analisados posteriormente. Para a análise de dados, foi utilizada a estatística descritiva com o objetivo de caracterizar e descrever o desempenho dos sujeitos. Para tanto, foram utilizados valores de média, desvio padrão e valor percentual. Os dados tiveram distribuição normal segundo o teste de Shapiro-Wilk. Desse modo, para a comparação entre variáveis foram usados os seguintes testes paramétricos: Teste “t” para amostras independentes (comparação do desempenho motor em cada segmento do Teste KTK com as idades e com as escolas), e Teste do QuiQuadrado (na verificação do grau de associação dos componentes do Teste KTK em comparação com as idades, e com as escolas). No quociente motor 1 (QM1 - ER) a média dos indivíduos pertencentes à escola municipal, foi de 98,55, enquanto que a média dos indivíduos da escola estadual foi de 90,55. A comparação das médias mostrou diferença estatisticamente significativa (p<0,05), a favor dos sujeitos pertencentes à escola municipal. Por outro lado, nos segmentos, SM, SL, e TP, não houve diferença significativa entre os grupos. No quociente motor geral (QMG) a média dos indivíduos pertencentes a escola municipal, foi 103,65 enquanto que a média da escola estadual, foi 97,55, apresentando diferença significativa (p<0,05), também a favor dos sujeitos da escola municipal, mostrando, nesta estudo, que a variável professor de Educação Física interferiu no nível de coordenação motora dos sujeitos.
 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissertacoes-2012/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.