Auto-controlo, Crenças de Eficácia, Avaliações Cognitivas e Rendimento: Um Estudo Exploratório das Suas Relações Numa Amostra de Atletas de Futebol

Por: Francisco Rodrigues, José Fernando A. Cruz, Juliana da Silva, Luís André Alves, Luís Meireles e Rui Sofia.

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A investigação tem demonstrado os inúmeros benefícios do auto-controlo para o desempenho individual e colectivo, nos mais variados contextos de vida, incluindo o desportivo. Assim, o principal objectivo deste estudo foi explorar as relações entre as diferenças individuais no auto-controlo, processos de avaliação cognitiva de ameaça e desafio, crenças de auto-eficácia e eficácia colectiva, e rendimento desportivo. Para tal, recorreu-se a uma amostra de 125 jogadores de futebol do sexo masculino, com idades entre os 15 e os 25 (M = 20.7), que competiam nos principais campeonatos nacionais dos seus respectivos escalões competitivos. Medidas disposicionais de auto-controlo, percepção de ameaça e desafio, auto-eficácia e rendimento subjectivo foram administradas. Análises univaridas e multivariadas sugerem o papel fundamental do auto-controlo no desporto, demonstrando que atletas com níveis superiores de auto-controlo tendem a percepcionar a competição como um desafio e a apresentar maiores níveis de crenças de auto-eficácia e rendimento subjectivo. Este estudo demonstra as vantagens do estudo das diferenças individuais e de marcadores de rendimento associados com o auto-controlo para uma melhor compreensão dos processos psicológicos durante as situações de pressão competitiva em jovens atletas de modalidades colectivas. Além disso, dados adicionais para a adaptação e validação de medidas específicas das crenças de eficácia individual e colectiva no futebol são evidenciados. Paralelamente, também apontam caminhos para futuros estudos focados no auto-controlo em contextos de realização, bem como implicações práticas para o desenvolvimento de intervenções psicológicas com jovens atletas, centradas sobretudo na promoção dos recursos auto-regulatórios e impacto no rendimento individual e colectivo.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.