Autodeterminação de Adolescentes em Diferentes Estágios de Mudança Para o Exercício Físico

Por: , Fernanda Leal Kretzer, Maick da Silveira Viana e Thiago Sousa Matias.

Revista da Educação Física - UEM - v.25 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Baseado no modelo transteórico e na teoria da autodeterminação, este trabalho tem como objetivo investigar a motivação de adolescentes nos diferentes estágios de mudança de comportamento para o exercício físico. Participaram 662 adolescentes de 14 a 19 anos divididos proporcionalmente nos 12 distritos de Florianópolis/SC/Brasil. Questionários foram utilizados e os dados foram tratados com estatística descritiva e inferencial. Os adolescentes nos diferentes estágios de comportamento apresentam diferentes motivações para a prática de exercício físico. A amotivação é maior nos estágios iniciais de mudança de comportamento para o exercício físico. Os adolescentes que avançam para os estágios ativos do comportamento apresentam motivações mais intrínsecas. Os meninos com comportamentos ativos são significativamente mais autodeterminados que os adolescentes nos estágios de pré-contemplação e contemplação. Considera-se que uma intervenção que promova efetivamente mudança no comportamento frente à prática de exercício físico precise aumentar o nível de motivação intrínseca e de autodeterminação do adolescente
 

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/21565

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.