Autoeficácia Docente, Satisfação e Disposição Para Continuar na Docência Por Professores de Educação Física

Por: Roberta Gurgel Azzi, Roberto Tadeu Iaochite e Soely Aparecida Jorge Polydoro.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.33 - n.4 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou identificar e analisar a autoeficácia docente (AED) de professores de educação física e sua relação com nível de satisfação pessoal e de disposição em continuar na atividade de ensino. Participaram 220 professores de escolas públicas e privadas da região de Campinas e do Vale do Paraíba, SP. Foi utilizado uma escala de autoeficácia docente e um questionário de caracterização. A AED foi elevada, sendo que a Eficácia do manejo da classe mostrou-se significativamente inferior quando os professores apresentavam níveis baixos ou médios de satisfação ou de disposição. Nota-se que, apesar da tendência positiva na percepção do professor, a promoção da AED se mostra relevante, especialmente quando é discutido seu papel na prevenção ou intervenção frente à saúde do professor.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/890

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.