Automobilismo no Rio Grande do Sul ? Catharino Andreatta

Por: Helena Alves D?azevedo e Paula Andreatta Maduro.

Atlas do Esporte no Rio Grande do Sul.

Send to Kindle


Resumo

As conhecidas “Carreteras” nasceram no Rio Grande do Sul, pelas mãos do às do volante João Caetano Pinto, por volta de 1935. Entre estas Escuderias destacou-se uma que contava também com Norberto Jung, Olyntho Pereira e Oscar Luiz Bins, além do fundador citado. Durante a sua existência, a Escuderia contou com vários pilotos, mecânicos e colaboradores, tais como Aldo Costa, Breno Fornari, Diogo Luiz Ellwanger, Nactivo Camozzato, Haroldo Vaz Lobo, Dirceu Oliveira, Homero Antonio Zani, Valentim Moraes, Selvino Di Nardo, João Nascimento, Antônio Tergolina, Francisco Luiz, Raul Wigner, Enio Schmidt, João Carlos Steiner, Geraldo Goldemberg, Haroldo Dreux, Raimundo Castro, Vitório Andreatta, Simão Chedid Sobrinho, José Rimoli e outros. Esta Escuderia foi a
mais premiada, pois possuía a melhor equipe de trabalho, estrutura e organização. Os automóveis mais utilizados como carreteras na década seguinte foram as famosas coupés Ford 1940. Os registros que se seguem referem-se a Catharino Andreatta, o mais famoso dos pilotos do RS entre 1937 e 1966, e a outros membros da sua família quando mencionados pelos nomes.
 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.