Avaliação da Actividade Física em Contextos Epidemiológicos. Uma Revisão da Validade e Fiabilidade do Acelerómetro Tritrac-R3D, do Pedómetro Yamax Digi-Walker e do Questionário de Baecke

Por: José Maia e Maria Madalena Oliveira.

Revista Portuguesa de Ciências do Desporto - v.1 - n.3 - 2001

Send to Kindle


Resumo

RESUMO A actividade física é um fenómeno complexo cuja avaliação se reveste de dificuldades ao nível da validade e precisão de medição. Na literatura podemos encontrar uma diversidade de metodologias possíveis, que se prendem com o vasto conjunto de dimensões que este fenómeno apresenta. O propósito do presente trabalho é rever e sintetizar o estado actual do conhecimento acerca da fiabilidade e validade do acelerómetro Tritrac-R3D, do pedómetro Yamax Digi-Walker e do questionário de Baecke para a avaliação da actividade física em contextos epidemiológicos. Os resultados dos estudos revistos evidenciam que: (1) o acelerómetro é um instrumento válido para a avaliação da actividade física habitual em termos de intensidade, frequência e duração, em populações onde a marcha e a corrida ou outros movimentos semelhantes que impliquem o deslocamento do centro de massa sejam os mais representativos do padrão de actividade física habitual; (2) o pedómetro fornece indicações válidas e objectivas da actividade física habitual, se bem que só meça a que se relaciona com a deslocação a pé; (3) os questionários são, sem sombra de dúvida, os instrumentos mais práticos e comuns em estudos de carácter epidemiológico em virtude dos seus baixos custos e da sua enorme praticabilidade, ainda que o carácter objectivo da sua informação seja questionável, não obstante a sua validade e fiabilidade.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.