Avaliação e Auto-avaliação Puberal em Crianças e Adolescentes Obesos

Por: Neiva Leite.

Motriz - v.15 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Avaliar a concordância entre a avaliação médica e auto-avaliação puberal em crianças e adolescentes com excesso de peso. Métodos: Participaram 101 indivíduos (55 meninas e 46 meninos) com excesso de peso com idade entre 10 e 17 anos. Classificou-se o Índice de Massa Corporal (IMC) conforme idade e sexo. O estágio puberal foi avaliado conforme Tanner (1986). Os participantes indicaram as gravuras mais semelhantes com seu estágio atual (auto-avaliação) e após foi realizada a avaliação médica. Analisaram-se os dados paramétricos pelo testes t de student e a concordância entre os métodos pelo índice de Kappa (k), assumindo significância p < 0,05. Resultados: Nos meninos a concordância foi regular na avaliação dos pêlos pubianos (k=0.58) e boa nas gônadas (k=0.78). Nas meninas, houve uma ótima concordância nos pêlos pubianos (k=0.84) e boa nas mamas (k=0.78). Conclusão: A auto-avaliação puberal em obesos apresentou maior concordância na avaliação das gônadas para os meninos e pêlos pubianos nas meninas.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/2323/2501

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.