Avaliação Automatizada de Uma Habilidade Motora Fundamental com o Kinect

Por: .

84 páginas. 2014 25/08/2014

Send to Kindle


Resumo

Avaliar o movimento do corpo humano é essencial tanto na pesquisa acadêmica quanto na prática profissional, principalmente no que diz respeito a avaliação de habilidades motoras fundamentais ao longo da infância, a fim de identificar possíveis atrasos e possibilitar intervenção motora adequada. Tecnologias recentemente disponibilizadas no mercado de entretenimento, como o sensor Kinect, apresentam grande potencial para aplicação nas mais diversas áreas, de modo especial no que diz respeito à captura e análise de movimentos corporais possibilitando a aquisição de dados de forma rápida e eficiente, sem utilização de marcadores, e com baixo custo comparado a sistemas de alta precisão disponíveis no mercado. No presente estudo propomos um sistema baseado no Kinect para avaliação automatizada do PFM salto horizontal. O estudo foi realizado em duas etapas, abrangendo a construção, teste e aplicação do sistema. A primeira etapa, de construção do sistema, consistiu na elaboração dos algoritmos necessários para a aquisição, armazenamento, tratamento e análise dos dados, e a segunda etapa consistiu na realização de três estudos experimentais. No primeiro estudo avaliamos o Kinect para aquisição de dados estáticos, comparando-o com o Optotrak, um sistema óptico de alta precisão, que permitiu avaliar a precisão do Kinect no que diz respeito à variação na captura de coordenadas tridimensionais e concordância na medida de ângulos com um sistema de alta precisão de laboratório. Os resultados indicam variação mínima na coleta de dados referentes a pontos fixos durante 50 segundos, e alta correlação nas medidas quando comparado ao Optotrak. No segundo estudo avaliamos o Kinect para aquisição de dados dinâmicos, comparandoo novamente com o Optotrak, em cinco diferentes movimentos articulares, e em três diferentes velocidades de execução. Os resultados indicam que a diferença entre as medidas obtidas a partir do Kinect comparadas com as medidas obtidas a partir do Optotrak ficam dentro de um intervalo de confiança de 95%, e as diferentes velocidades de execução do movimento analisadas não afetaram significativamente o resultado. No terceiro estudo usamos o sistema para avaliar o salto horizontal, aplicando a avaliação automatizada em 335 crianças de 3 a 15 anos de idade, de ambos os gêneros, comparando os resultados do sistema automatizado com a análise em vídeo realizada por dois avaliadores treinados. Os resultados confirmaram o potencial do Kinect ao apresentar resultados similares dos avaliadores nas faixas etárias de 3 a 6 anos e de 11 a 15 anos. Quanto à faixa etária de 7 a 10 anos, os resultados foram significativamente inferiores aos das outras faixas etárias, principalmente nos critérios que envolvem o uso do braço na realização do movimento. Diante dos resultados apresentados, podemos confirmar o potencial do Kinect como instrumento para avaliação de movimentos articulares, bem como especificar algumas restrições que necessitam ser investigadas de modo a possibilitar maior precisão nas futuras versões do sistema, explorando melhor os recursos tecnológicos disponíveis. Palavras chave: Kinect. Avaliação motora. Habilidade motora fundamental. Salto horizontal. 

Endereço: http://repositorio.unesp.br/handle/11449/126322

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.