Avaliação e Comparação das Respostas da Percepção Subjetiva de Esforço e Concentração de Lactato em Uma Competição Oficial de Karate

Por: Cassio Gonçalves, , Luiz Augusto Buoro Perandini, Manoel Lima e Vinicius Milanez.

Revista da Educação Física - UEM - v.22 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Diversos indicadores fisiológicos podem ser usados para estimar a intensidade do esforço, tais como frequência cardíaca (FC), consumo de oxigênio (VO2), concentração de lactato ([Lac]) e percepção subjetiva de esforço (PSE). O objetivo do estudo foi avaliar e comparar as respostas da PSE e da [Lac] em uma competição oficial de caratê. Sete atletas participaram de uma competição interestadual, na qual foram mensuradas as variáveis [Lac] e a PSE mediante duas escalas, Borg 6-20 (PSE6-20) e CR-10 (PSECR-10), para estimar a intensidade do esforço. Os valores médios ± desvios padrão encontrados foram: pico de [Lac] = 7,6 ± 1,4 mM, PSE6-20 = 12 ± 3 e PSECR-10 = 3 ± 1. Foram encontradas correlação forte entre PSECR-10 e [Lac]pico (r = 0,82) e correlação moderada entre PSE6-20 e [Lac]pico (r = 0,62). Com base nos resultados observou-se que ambas as escalas apresentadas em momentos diferentes, podem ser aplicadas de maneira eficiente para mensurar o esforço realizado por caratecas durante a competição.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/8058/7523

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.