Avaliação do Conhecimento Básico em Nutrição de Profissionais de Educação Física da Cidade de Fortaleza

Por: , Airton Lima Júnior, Fabiana Rodrigues de Sousa e Raquel Felipe de Vasconcelos.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


.Resumo

Sabe-se que através de uma alimentação adequada pode-se otimizar o fornecimento de energia para o corpo humano. Um estilo de vida ativo e uma alimentação balanceada podem reduzir bastante o risco de mortes por doenças degenerativas crônicas. Por essa razão, o exercício físico bem orientado e uma boa alimentação são componentes essenciais de qualquer programa que visa um bom padrão de saúde e, conseqüentemente, a prevenção de certas doenças. O objetivo do presente estudo foi analisar o conhecimento de profissionais de Educação Física sobre os elementos básicos da nutrição e sua relação com a atividade física. Participaram dessa pesquisa 20 profissionais graduados em Educação Física, de diversas idades, que atuavam em 8 diferentes academias da cidade de Fortaleza. Todos os participantes, após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, responderam as seguintes informações contidas em um questionário: nome completo, data da pesquisa, 12 perguntas referentes ao conhecimento básico de nutrição e atividade física. Foram encontrados os seguintes resultados: 1 - 75% acertaram a questão referente a classificação dos carboidratos; 2 - 95% acertaram a questão sobre o objetivo do consumo de carboidratos antes do exercício de endurance; 3 - 95% acertaram a questão sobre o índice glicêmico; 4 - 85% acertaram a questão sobre a classificação das vitaminas; 5 - 90% acertaram as questões sobre as funções do cálcio no organismo; 6 - 90% acertaram a questão sobre a classificação da glutamina; 7 - 95% acertaram a questão sobre catabolismo muscular; 8 - 85% acertaram a questão que tratava da formação das proteínas; 9 - 55% acertaram a questão sobre classificação das fibras; 10 - 70% acertaram a questão referente a contribuição dos aminoácidos durante o exercício de endurance; 11 - 95% acertaram a questão sobre o objetivo de líquidos em intervalos regulares durante o exercício; e 12 - 80% acertaram a questão referente ao benefício do consumo de carboidratos no exercício de força. Dos 20 participantes que responderam ao questionário, a maioria obteve uma boa porcentagem de acertos, totalizando 84,17% de questões certas e 15,83% de erros. Conclui-se que a porcentagem de uestões certas caracteriza um bom conhecimento dos profissionais avaliados sobre os elementos básicos da nutrição e sua relação com a atividade física.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/74_Anais_p395.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.