Avaliação da Adiposidade Corporal e Qualidade de Vida de Trabalhadores Rurais do Gênero Masculino de São Miguel do Oeste/sc

Por: Indiana Cavassini, Jackeline Camini, Sandra Fachineto e Taíse Vanessa Sampaio.

Cinergis - v.12 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se avaliar medidas de adiposidade corporal e a qualidade de vida de 116 trabalhadores rurais do gênero masculino com idade superior a 18 anos residentes em São Miguel do Oeste/SC. Os indicadores de gordura corporal avaliados foram: índice de massa corporal (IMC), razão cintura-quadril (RCQ) e circunferência de cintura (CC). A qualidade de vida foi analisada através do questionário SF-36. Para efeitos de análise os trabalhadores foram classificados em três faixas etárias: 18-39,9 anos; 40-59,9 anos e acima de 60 anos. Observou-se que os valores médios de IMC, RCQ e CC aumentaram com o avanço da idade. A prevalência de sobrepeso foi maior em trabalhadores rurais com idade superior a 40 anos. Com o aumento da idade os valores médios para quase todos os domínios da qualidade de vida diminuem. Conclui-se que com o aumento da idade ocorre um aumento da gordura corporal e uma diminuição na qualidade de vida.

Endereço: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/2312

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.