Avaliação: da Formação Inicial à Realidade da Escola

Por: Franklin Hugo Castillo Retamal.

161 páginas. 2020 31/10/2020

Send to Kindle


.Resumo

No ato educacional a avaliação se constitui como um conjunto de evidências que possibilita a obtenção de informações valiosas sobre o processo desenvolvido e o desempenho dos alunos em relação aos objetivos propostos. Esta tese teve como objetivo analisar como a formação inicial de um curso de pedagogia em Educação Física do Chile aborda o tema avaliação e o impacto no exercício profissional dos professores graduados nesta instituição. A investigação envolveu estudantes estagiários do último ano do curso, professores formadores e egressos. Como instrumentos de coleta de dados utilizou-se de um questionário com questões abertas e fechadas, entrevistas semiestruturadas e grupos focais. Para a análise dos dados, utilizou-se a análise qualitativa, por meio da análise de conteúdo dos registros a partir de categorias de análise estabelecidas a priori, com o auxílio do software Nvivo10. As macro categorias de análise foram: conceito de avaliação, formação profissional e realidade escolar, cada uma delas subdivididas em subcategorias. Os resultados indicaram que existe concordância sobre o conceito de avaliação e o mesmo é desenvolvido nas aulas durante o curso de formação, contudo, distante do foco central da realidade escolar. Isso prejudica entendimentos e ações que possam ser replicadas e enriquecidas no cotidiano profissional. A formação está muito centrada em uma avaliação procedimental e vinculada à realidade do curso, ou seja, as estratégias empregadas não se aplicam e/ou se transferem para a escola. Não se atende as Diretrizes Nacionais Educacionais em ações pedagógicas que as discutam e as reflitam efetivamente para sua aplicação profissional. As experiências são realizadas entre os pares e não condizem com a vida cotidiana da escola e dos experimentos do estágio. A realidade escolar, apesar de ser enfocada em parte dos conteúdos formativos, ainda é bastante distante do que se vivencia nos estágios e na realidade escolar cotidiana. Por fim, entende-se que a formação em avaliação da EF no contexto escolar é um aspecto frágil e requer maior atenção, pois há dificuldade em enfrentar o processo de forma eficiente e eficaz, indicando que para aprender sobre avaliação e prática de ensino, a formação de professores deve ser situada e contextualizada, de modo a responder às demandas do sistema educativo. Conclui-se que o tema da avaliação tratado no processo formativo do professor de Educação Física da Universidad Católica del Maule não é concordante com a aplicação na realidade, pois a idealização da área não permite um desenvolvimento eficiente no contexto escolar.

O trabalho não possui divulgação autorizada
 

Endereço: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=10653070

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.