Avaliação da Qualidade de Vida e Nível de Atividade Física de Idosos Participantes do Programa Vivendo Feliz do Município de Tietê, Sp

Por: João Rogério de Oliveira.

53 páginas. 2016 25/02/2016

Send to Kindle


Resumo

A adoção de estilo de vida saudável e práticas de atividades físicas poderá proporcionar melhor qualidade de vida e benefício a saúde do idoso. Este estudo teve o objetivo de investigar a qualidade de vida e o nível de atividade física dos participantes idosos do Programa Vivendo Feliz do município de Tietê, SP, Brasil. A Prefeitura de Tietê possui um Programa no Departamento de Assistência Social participam indivíduos, do sexo feminino e masculino com idade a partir de 55 anos. Participaram deste estudo 95 indivíduos que responderam a um questionário de caracterização geral, do estado auto relatado de saúde e da participação no Projeto, o questionário de qualidade de vida SF-36 e ao questionário do nível de atividade física IPAQ – versão curta. Em relação às características gerais, os sujeitos apresentavam média de idade de 63 anos (60 a 86), a maioria era do gênero feminino (87,4%), cor branca (85,3) e religião católica (94,7); a maioria (73,7%) era aposentada com renda entre um a três salários mínimos (46,3%) morava com o cônjuge e/ou filhos; (56,8%) declarou ter doença crônica e usava de medicamentos de uso contínuo, não fumava (83,2%) e não ingeria bebidas alcoólicas (87,4%), realizava tratamento médico (70,5%), e quase a metade atendida no SUS (48,4%). Constatado a participação de indivíduos entre 1 a 5 anos (27,4%), entre 5 a 10 anos (24,2%), entre 10 a 15 anos (26,3%) e menos de um ano (20%), a maioria dos sujeitos frequentava as atividades do Programa para a qualidade de vida (78,9%), praticava ginástica (63,2%), seguida por caminhada (30,5%). No nível de atividade física, os voluntários foram classificados como: muito ativos (23%), ativos (46%), irregularmente ativos A (24%) e irregularmente ativos B (2,1%). Na qualidade de vida, os sujeitos apresentavam valores predominantemente altos nos oito domínios do questionário SF-36. Os resultados indicam que a participação no Programa Vivendo Feliz pode ter influenciado de forma positiva para o nível de atividade física e a qualidade de vida das pessoas idosas.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=1527

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.