Avaliação das Características Antropométricas e Capacidades Físicas Ao Longo de Uma época Desportiva em Futebol: Comparação Entre Sub-15, Sub-17 e Sub-19

Por: Pedro Morouço e Rui Silva.

Motricidade - v.13 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar a evolução das características antropométricas e capacidades físicas, ao longo de uma época desportiva, em jovens jogadores de futebol. Um total de 50 jogadores sub-15 (n= 16, 14.0±0.1 anos), sub-17 (n= 14, 15.6±0.5 anos) e sub-19 (n= 20, 17.2±0.7 anos) foram controlados em 3 momentos de avaliação: após o período de preparação geral (pré-época), após a 1ª fase competitiva (meio-época) e após a 2ª fase competitiva (pós-época). Para a análise antropométrica foi medida a altura, massa corporal, massa muscular, massa gorda e perímetros corporais. Para a análise das capacidades físicas foram avaliadas a resistência aeróbia, o trabalho dos membros inferiores durante o salto vertical, a potência dos membros inferiores na corrida, a agilidade e a flexibilidade. Verificou-se uma estabilização da percentagem de massa gorda ao longo da época, associada a um aumento da massa corporal explicado pelo aumento da massa muscular. De um modo geral, independentemente do escalão, houve melhoria das capacidades físicas entre a pré-época e o meio-época, existindo uma estagnação dessas capacidades até ao pós-época. A caracterização das variações existentes ao longo da época desportiva, de acordo com o quadro competitivo e as suas idades de desenvolvimento, poderão contribuir como uma ferramenta de auxílio para o controlo e a avaliação do processo de treino.

Endereço: http://www.usp.br/eef/?pagina/mostrar/id/128

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.