Avaliação Dietética e Antropométrica de Adolescentes de Escolas Particulares de Manaus - Am

Por: Priscila Trapp Abbes Riether e Ronaldo Correa de Souza.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A obesidade vem crescendo no mundo inteiro, da idade mais
jovem ao idoso. Os adolescentes vêem sendo acometidos pela doença
devido a vários fatores que influenciam, tais como inatividade física,
alimentação inadequada, fatores fisiológicos relacionados ao crescimento.
Diante dessa realidade, propôs-se fazer um levantamento do perfil dietético
e antropométrico de escolares com idade entre 10 e 19 anos, matriculados
em duas escolas da rede privada de ensino da cidade de Manaus. Material e
método: A metodologia consistiu em realizar a pesagem e verificação da
altura do adolescente, para posteriormente calcular o IMC e classificar o
adolescente segundo a idade seguindo os pontos de corte propostos pelo
NCHS (2000). As dobras cutâneas subescapular e triciptal foram tomadas
para posterior cálculo do percentual de gordura (LOHMAN, 1986). Na
avaliação dietética, foram utilizados questionários de freqüência alimentar
com ênfase nos alimentos regionais. Resultados e conclusões: Os resultados
da análise antropométrica dos 578 alunos, sendo 362 da escola 1 (E1) e
216 da escola 2 (E2), mostraram que houve diferença estatística significativa
(p<0 , 0 5 ) em du a s va r i á ve i s ant ropomé t r i c a s nos meninos (pe so e
adiposidade), e apenas em uma variável (adiposidade) nas meninas. Apesar
da maioria dos adolescentes estarem dentro do padrão normal quanto ao
peso, tanto no sexo masculino (E1 - 51 % e E2 - 61 %), quanto no sexo
feminino (E1 e E2 - 75%), observamos um importante e preocupante
número de adolescente em risco de sobrepeso ou com sobrepeso. Quanto
à estatura, a maioria dos adolescentes (mais de 85 %) de ambos os sexos
estava dentro da normalidade em relação a sua idade. Na avaliação dietética
foi demonstrado que não houve diferença estatisticamente significante entre
os adolescentes quando comparados entre os sexos e escolas, porém houve
um contraste com o que diz a literatura, quanto à freqüência de consumo
de alimentos de alto teor calórico e lipídico.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/74_Anais_p395.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.