Avaliação da Eficacia de Um Programa de Reabilitação Como Modificador nos Indicadores de Dor e Qualidade de Vida em Pacientes com Lombalgia Cronica Inespecifica

Por: Marco Antonio Alves de Moraes.

2003 13/02/2003

Send to Kindle


Resumo

A lombalgia crônica inespecífica é reconhecida como uma doença que afeta a vida de milhares de pessoas em todo o mundo, causando dor, limitação funcional e custos elevados com cuidados em saúde. Embora muitos estudos abordem o tratamento deste tipo de lombalgia com programas de reabilitação, não se encontrou na literatura a utilização associada de instrumentos que possam caracterizar, avaliar e correlacionar a dor com diferentes aspectos da qualidade de vida. Este é um estudo de intervenção não controlado que teve como objetivo principal avaliar a eficácia de um programa educativo associado a exercícios físicos como modificadores na qualidade de vida de pacientes portadores de lombalgia crônica inespecífica, através dos instrumentos Roland Morris e o Short Form Health Survey (SF-36). O total de 26 sujeitos, alunos e funcionários de uma universidade pública, de ambos os sexos, na faixa etária de 22 a 53 anos de idade, participou do programa educativo e de exercícios físicos que foi desenvolvido em 24 sessões, duas vezes por semana, com duração de uma hora ao longo de três meses. Os resultados permitem afirmar que ocorreu redução da dor e melhoria da maioria dos domínios relativos à qualidade de vida das pessoas. Observa-se correlação positiva entre melhora dos itens pertinentes à atividade de vida diária (uso de apoio para levantar-se de cadeira, dificuldade para vestirse, abaixar-se ou virar-se na cama), redução da intensidade e freqüência da dor

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000289847&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.