Avaliação do Equilíbrio Estático de Idosas Pós-treinamento com Método Pilates.

Por: Brena Guedes de Siqueira Rodrigues, Ediléa Monteiro de Oliveira, , Natáli Valim Oliver Bento Torres, Samária Ali Cader e Vários Autores.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.17 - n.4 - 2009

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Conhecer os benefícios do método Pilates em relação ao equilíbrio estático de idosas saudáveis. MÉTODO: Foram selecionadas 52 idosas (66,±4 anos), voluntárias, que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão previamente definidos. Foram realizadas três etapas: avaliação, intervenção e reavaliação. As etapas de avaliação e reavaliação consistiram em avaliação geral e aplicação do protocolo de equilíbrio estático (protocolo de Tinetti). Após avaliação, foram divididas, aleatoriamente, em grupo Pilates (GP: n=27) e grupo controle (GC: n=25). O grupo Pilates realizou um programa de exercícios do método pelo período de oito semanas, com freqüência de duas vezes semanais e duração de 60 minutos em cada sessão. O grupo controle não sofreu nenhum tipo de intervenção. Após a intervenção, repetiram-se os protocolos de avaliação. Foi realizada a estatística descritiva e, para avaliação da normalidade, foi usado o teste de Shapiro-Wilk. Foi considerado o nível de significância de p=0,05. RESULTADOS: O teste Student-T dependente demonstrou diferença significativa (p

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1191

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.