Avaliação da Fadiga Pré e Pós-programa de Atividade Física em Sobreviventes de Câncer

Por: Carine Ferreira da Silva, Célia Aparecida da Silva, Luana Luamar da Silva e Sandro Fernandes da Silva.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Identificar os níveis de fadiga em sobreviventes de câncer, participantes de um programa de exercício físico supervisionado e controlado.

Métodos e resultados:
Amostra: Participaram do estudo 06 sobreviventes de câncer (03 homens e 03 mulheres). Idade média encontrada: 59,67 ± 9,81 anos. Para avaliar o nível de fadiga foi utilizado o questionário de escala de medidas revisado de Piper (1998), no qual é composto por 22 itens subdivididos em quatro diferentes dimensões subjetivas: afetivo, sensorial, cognitivo e comportamental. Os questionários foram aplicados duas vezes sendo que a primeira em agosto e a segunda aplicada dois meses após, ou seja, pré e pós- programa de atividade física. A estatística utilizada foi descritiva com comparação de médias e desvio padrão. Foi utilizado o teste de Shapiro Wilk para verificar a distribuição da amostra. Para identificar as diferenças entre os 2 momentos adotamos o teste não paramétrico de Wilcoxon, na comparação entre as dimensões utilizamos o teste de MannWhitney. Para comprovação estatística foi adotado o p< 0,05. Foi identificado um nível médio de fadiga geral, na avaliação dos escores das dimensões não houve diferença significativa entre os dois momentos analisados.

Conclusão:
Apesar de não ter sido encontrado diferença significativa entre os dois momentos, os estudos que avaliam a relação da fadiga em sobreviventes de câncer são imprescindíveis para seu declínio, incidência, desenvolvimento bem como a redução de seus níveis, além de contribuir para o diagnóstico, tratamento e reabilitação destes sobreviventes.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.