Avaliação da Flexibilidade em Escolares do Ensino Fundamental na Cidade de Manaus-am

Por: Cristianne Morgado Montenegro e Gustavo Azevedo Carvalho.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.22 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

A flexibilidade do corpo humano tem sido objeto de estudo de inúmeras pesquisas, pela sua importância tanto para a prática desportiva, reabilitação, aptidão física e como para a saúde de modo geral, influenciando positivamente na prevenção de dores na coluna vertebral e no desenvolvimento da postura corporal. Dados apontam que na região Norte do Brasil os índices de flexibilidade encontram-se em níveis bastante elevados tanto para os rapazes que atingem 22,9% como para as moças 18,7% . O objetivo do presente estudo foi verificar a flexibilidade de 400 escolares do Ensino Fundamental de três escolas da Secretaria Municipal de Educação da Cidade de Manaus, do 6º ao 9º ano, com idade escolar entre 11 e 15 anos, e comparar com os indicadores de flexibilidade do Projeto Esporte Brasil (2009). Foi realizado o teste de sentar-e-alcançar por meio do banco de Wells para se obter os dados sobre a flexibilidade. Como resultados, observou-se que em ambos os grupos os valores encontrados da flexibilidade ficaram acima da média nacional. Concluiu-se que a flexibilidade dos escolares estudados, encontra-se acima da média nacional proposta pelo PROESP-BR, em ambos os gêneros e em todas as idades e as meninas apresentam 1,64 cm a mais de flexibilidade que os meninos.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/4061

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.