Avaliação da Força nos Membros Superiores e Inferiores de Mulheres Idosas

Por: , Cristiane Schmidt, Luiz A. Crescente e Osvaldo Donizete Siqueira.

XII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever e comparar o nível de força de membros superiores e membros inferiores em indivíduos com idade entre 60 a 74 anos que praticam musculação há mais de dois anos, do sexo feminino, matriculados na academia Sesc-Redenção de Porto Alegre/RS. Foram analisadas 35 idosas, divididas em três grupos: Grupo 1, de 60 a 64 anos, Grupo 2, de 65 a 69 anos, Grupo 3, de 70 a 74 anos.Oestudo foi baseado na condição de avaliar as idosas com a bateria de testes de força muscular proposto por Rikli e Jones (1999). A força de membros superiores foi avaliada através do teste de flexão de cotovelo e a força de membros inferiores foi avaliada por meio do teste de levantar e sentar em 30 segundos.Oestudo revelou que as idosas avaliadas apresentam diferentes níveis de força nos dois testes realizados. Na sua maioria estão na faixa de média a alta nos membros superiores. E nos membros inferiores ficaram mais na faixa abaixo da média e na média. O Grupo 2 foi o grupo que apresentou médias mais altas. Eo Grupo 3 as médias mais baixas.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.