Avaliação da Força de Preensão Palmar em Atletas de Jiu-jitsu de Nível Competitivo

Por: Adimir do Nascimento Cambraia, Demóstenes Moreira, José Roberto Pimenta de Godoy e Márcio de Oliveira.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.14 - n.3 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Trata-se de um estudo de caráter analítico transversal, cujo objetivo foi avaliar a força de preensão palmar em atletas de jiu-jitsu de nível competitivo, no intuito de estabelecer uma escala de funcionalidade para esta população, visto que há um aumento crescente do número de praticantes. Os sujeitos da pesquisa foram 100 indivíduos do sexo masculino com idade compreendida entre 20 e 30 anos, dos quais 50 formaram o grupo de atletas (GA) e 50 o grupo controle (GC). O instrumento utilizado no estudo foi dinamômetro JAMAR. Com relação à média da força de preensão obtida nos grupos estudados, observou-se que houve predomínio significativo (p<0,05) no GA em relação ao GC apenas para a mão esquerda, e que no primeiro houve uma tendência ao aumento da força ao longo das medidas, enquanto que no segundo esta tendência se inverteu. Concluiu-se que atletas de jiu-jitsu não apresentam valores elevados de força de preensão palmar, sendo que a prática do esporte sugere que ocorrem alterações fisiológicas que se caracterizam pelo aumento da capacidade de resistência nesse movimento. Os resultados obtidos devem ser considerados como indicativo de força para a reabilitação da função manual do atleta de jiu-jitsu.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/702/707

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.