Avaliação de Funcionalidade em Cozinhas Residenciais Para Pessoas da Terceira Idade a Partir da Análise Ergonômica do Trabalho

Por: .

A Terceira Idade - n.40 - 2008

Send to Kindle


Resumo

A ergonomia é uma ciência praticamente nova, que surgiu a partir da década de 1940, com o objetivo de estudar as relações entre o homem e o seu papel dentro do contexto social e tecnológico. O estudo da análise ergonômica no Brasil ainda é recente e passou a ser exigido às empresas a partir da portaria número 3751, de 23/11/1990, com a redação da Norma Reguladora NR17 que é o resultado do esforço conjunto de vários setores da sociedade. Com publicação da NR-17 começou-se a exigir análises das condições de trabalho, ligadas aos problemas dos trabalhadores e às formas de organização do trabalho. No texto da NR-17, no item 17.1 conta que a ergonomia “visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente”. Este estudo buscou analisar através análise ergonômica, o posto de trabalho “cozinha” no setor de cocção para poder propor um ambiente mais adequado às necessidades das pessoas da terceira idade.

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.