Avaliação do Posicionamento Corporal no Ciclismo Competitivo e Recreacional

Por: Carlos Bolli Mota, Elisandro de Assis Martins, , Frederico Dagnese e Julio Francisco Kleinpaul.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.9 - n.2 - 2007

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse estudo foi avaliar e comparar o posicionamento na bicicleta adotado por ciclistas de diferentes níveis. Os ciclistas avaliados foram classificados como competitivos (atletas) e recreacionais (não-atletas). Um total de 36 ciclistas entre recreacionais (n=17) e competitivos (n=19) foram avaliados, cada qual na sua própria bicicleta. Para as avaliações foi utilizado um protocolo proposto pela literatura. Os dados foram submetidos à estatística descritiva, indicando ocorrência de desajustes no posicionamento em 82% dos ciclistas recreacionais e em 74% dos ciclistas competitivos avaliados. Para os ajustes no selim foram encontrados os erros mais comuns, relacionados com a posição vertical e horizontal do selim (observados para 82% dos ciclistas recreacionais e 79% dos ciclistas competitivos). O segundo erro com um grande número de observações foi a altura do guidom (observados em 12% dos ciclistas recreacionais e 5% dos ciclistas competitivos). Com base nestes resultados, percebe-se que os ciclistas recreacionais estão mais suscetíveis a desajustes no posicionamento do que ciclistas competitivos, o que pode acarretar lesões no futuro. Os erros no posicionamento encontrados podem estar relacionados ao tempo de prática de cada grupo.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/4061

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.