Avaliação da Potência Anaeróbia Antes e Após o Período Competitivo em Atletas Profissionais de Futebol

Por: Diogo Henrique Constantino Coledam, Douglas dos Santos e Júlio Wilson Dos-santos.

Conexões - v.8 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a potência anaeróbia antes e após o período competitivo em atletas profissionais de futebol. Participaram do estudo 25 atletas do gênero masculino avaliados antes e após o período competitivo. A potência anaeróbia foi avaliada através do teste de corridas de velocidade repetidas (RAST), com o qual foram determinadas a potência máxima (PMAX), potência média (PMED), potência mínima (PMIN) e o índice de fadiga (IF). O teste foi realizado na primeira (PRE) e na ultima (POS) sessão de treinamento do período competitivo, que teve a duração de 20 semanas. Não houve diferença significativa (p>0,05) entre PRE e POS em nenhum dos parâmetros analisados, PMAX (10,70 ± 0,95 vs 10,83 ± 0,87), PMIN (8,48 ± 0,92 vs 8,28 ± 0,76), PMED (9,52 ± 0,83 vs 9,41 ± 0,61) e IF (22,73 ± 7,48 vs 25,53 ± 8,79). Não há alteração significativa na potência anaeróbia após um período competitivo de 20 semanas em atletas profissionais de futebol

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/532

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.