Avaliação Psicológica: Uma Aplicação do Teste de Liderança Situacional (TLS) em Psicologia do Esporte

Por: Catalina Naomi Kaneta.

157 páginas. 2009 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A Psicologia do Esporte é uma especialidade da Psicologia. A prática tem sido produzida junto aos técnicos, atletas e demais membros da equipe de esporte e tem conquistado uma constante valorização do conhecimento produzido, mas o reconhecimento pleno ainda está distante de ser alcançado. Os estudos da liderança do técnico são uma das vertentes das pesquisas atuais por ser uma variável de grande influência sobre o desempenho dos atletas e no clima motivacional dos treinamentos e das competições em si. A presente Dissertação teve como objetivo verificar os estilos de liderança e a flexibilidade de estilos em técnicos esportivos de modalidades coletivas, utilizando-se o Teste de Liderança Situacional (TLS) desenvolvido por Agostinho Minicucci com base na teoria 3D de Reddin. Foram comparados os resultados obtidos entre uma amostra de 23 técnicos de categorias de base (formação) e uma amostra de 12 técnicos de equipes adultas (alto nível). Para as análises estatísticas, a diferença entre as médias foi realizada através do teste t de Student (grupos independentes), adotando-se um nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que a maioria dos técnicos (56% formação e 75% alto nível) utilizam como estilo de liderança dominante o estilo integrado, que é quando o comportamento orientado para a tarefa e o comportamento orientado para as relações são utilizados em grande quantidade. Observou-se também que o estilo de sustentação adotado por ambos os grupos é o estilo relacionado, sendo que o estilo separado é o estilo menos valorizado, também por ambos os grupos. Embora os resultados indiquem uma concordância dos grupos em relação aos estilos dominante, de sustentação e sobre-rechaçado, verificou-se que os técnicos de alto nível, em suas respostas, utilizam com maior intensidade o estilo integrado (p<0,05) e dedicado (p<0,10). Quanto à flexibilidade com que os grupos apresentam os variados estilos de liderança, observou-se que os técnicos de alto nível possuem uma tendência a serem mais rígidos em seu estilo dominante em relação aos técnicos das equipes de formação. Os estilos de liderança, assim identificados, podem ser ferramentas estratégicas do psicólogo do esporte para que este possa auxiliar de modo eficaz uma melhor condução da relação técnico-atleta como integrantes de um par educativo. 

Endereço: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-01122009-101757/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.